Cirurgia

CIRURGIA PTERÍGIO COM COLA TECIDUAL cornea sorocaba



CIRURGIA PTERÍGIO COM COLA TECIDUAL cornea sorocaba



CIRURGIA PTERÍGIO COM COLA TECIDUAL cornea sorocaba



CIRURGIA PTERÍGIO COM COLA TECIDUAL cornea sorocaba



Home: Instituto da Visão
CIRURGIA DE PTERÍGIO COM COLA TECIDUAL - Altair


CIRURGIA DE PTERÍGIO COM COLA TECIDUAL Transplante de cornea sorocaba glaucoma sorocaba Altair

O que causa o Pterígio?

O pterígio é mais comum em pacientes com muita incidência de luz solar, próximos da linha do equador, e em pessoas que trabalham expostas ao sol (pescadores, trabalhadores rurais etc). Ocorre com mais frequencia em homens a partir dos 25 anos.

 

Pelo que foi dito acima, podemos ver que o principal fator de risco para o surgimento do pterígio é a luz solar. Mas também há um fator genético, individual. Ou seja, pessoas que ficam muito expostas ao sol, não desenvolvem o pterígio enquanto outras que morar em locais mais frios, ficam mais dentro de casa, acabam desenvolvendo essa alteração

 

Qual a evolução do pterígio?

No começo, o pterígio é pequeno e só é possível ver pequenos vasos sanguíneos na região próxima a córnea. Com o tempo, o pterígeo fica mais grosso, os vasos mais calibrosos e o tecido avança sobre a córnea, em direção ao centro, a pupila. Quando o pterígeo atinge ou chega perto da pupila ele já começa a afetar a visão. Essa evolução é lenta, ao longo de meses ou anos.

 

Quais os sintomas do pterígio?

O principal sintoma do pterígio é a vermelhidão do olho. Essa vermelhidão é principalmente no canto do olho, próximo do nariz. Além disso, também ocorre ardência, lacrimejamento, fotofobia, dificuldade em manter os olhos abertos na claridade e sensação de areia nos olhos


O pterígio pode prejudicar a visão ?

Sim. O pterígio pode prejudicar a visão de duas formas. A primeira é tracionando a córnea e consequentemente, distorcendo a formação das imagens. A outra forma é quando ela tampa o eixo visual, isto é, cobre a pupila (também chamada de “menina dos olhos”). (veja as fotos acima)

 

Qual é o tratamento do Pterígeo ?

O tratamento do pterígio nas formas iniciais é apenas com colírios lubrificantes e/ou vasoconstritores para aliviar os sintomas e diminuir a vermelhidão. Mas quando a doença aumenta, o único tratamento possível é a cirurgia.

 

Como é a cirurgia do pterígio ?

A cirurgia do pterígio  é feita em centro cirúrgico, com anestesia local (ou seja, a pessoa fica acordada e não recebe anestesia geral), dura em média 15 a 30 minutos, e a pessoa vai para casa no mesmo dia e com curativo no olho. Nos primeiros dias, o olho fica vermelho e irritado e com o uso dos colírios vai voltando ao normal em algumas semanas.




Para maiores informações entre em contato




Compartilhar: